segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Os autênticos

"Nós, os verdadeiros, os autênticos, os implacáveis inimigos da burguesia, nos rimos de sua putrefação. Nós não somos burgueses.Somos os filhos da guerra e dos confrontos civis. Somente quando toda esta pantomima gire e gire sem cessar no vazio e se esfume, ao fim logrará desenvolver-se o que todavia nos sobra de natural, de elemental, de autêntico."
(Ernst Jünger)

Nenhum comentário:

Postar um comentário