segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Olhos Estranhos

"Nossos filhos, seria uma angustia não contemplar nem peixe, nem ave. Nem branco, nem asiático, nem europeu. Bastardos mestiços de sangues cruzados. Seria abominável - nós não poderíamos nos perdoar. Imagine só - o anglo-saxão olhando para mim com olhos amendoados; o japonês olhando para você de olhos anglo-saxônicos, inescrutáveis, estranhos, absolutamente, abismalmente alienígenas."
(Jack London, "Os Olhos da Ásia")

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.