terça-feira, 26 de julho de 2011

Guerra na Europa: Parte I - Cui bono?

por Varg Vikernes

Muitos dizem que o Sr.Breivik estava de fato executando ordens do Mossad, para punir a Noruega, país governado por marxista e amante de palestinos, mas em primeiro lugar para criar uma falsa bandeira para que extremistas de direita mal-informados se unam sob ela, e que o que ele estava fazendo era uma operação de bandeira falsa.

Seu manifesto é vasto, por volta de 1500 páginas, e ele é bem seguro no que ele diz e no que ele fez. Há alguns fatos que não fazem sentido para mim. Como ele pode listar todos os problemas causados por diferentes judeus na nossa história, e porém não menciona nem mesmo um deles com uma única palavra em seu manifesto? Ele ataca os sintomas da doença que aflige a Europa, mas não a causa da doença.

Ele também é maçom, e isso certamente não faz nenhum sentido. A maçonaria é o judaísmo internacional em sua pior face; eles também estão trabalhando para uma desconstrução de todas as nações da Terra, e para construir um templo hebraico global, escravizando a todos nós sob a vontade dos judeus e seus servos, os maçons. Bem, isso explica porque ele não diz uma palavra sobre os criadores de todas as diferentes religiões e ideologias colocadas agora para lutar umas contra as outras.

Ele é cristão também. Agora, em um sentido que faz sentido, mas por que faz sentido? Os judeus criaram o cristianismo como uma religião para não-judeus seguiram, para que eles também tornassem-se adoradores do seu falso "deus" hebreu, de modo que os indomáveis pagãos europeus tornassem-se servos e um instrumento poderoso para os judeus. Quer os judeus tenham criado o islamismo também, ou quer eles tenham apenas visto uma oportunidade vindo quando ele foi criado não é sabido, mas nós sabemos que os judeus sempre promoveram o conflito entre essas duas religiões - e efetivamente ainda fazem-no. Quando os cristãos crescem com muita força os judeus apoiam os muçulmanos para enfraquecer os cristãos. Quando os muçulmanos crescem com muita força os judeus apoiam os cristãos para enfraquecer os muçulmanos. Eles usualmente apoiam os dois lados também, se os dois lados forem fortes, e eles normalmente fazem-no em segredo. Cristãos então matam muçulmanos, e vice-versa, enquanto os judeus riam seguramente por trás dos panos, lucrando com tudo isso.

O Sr.Breivik ou caiu direto na armadilha deles, como muitos cristãos fizeram no passado e ainda fazem, ou ele trabalha conscientemente para eles, novamente como tantos cristãos tem feito no passado e ainda fazem. Os cristãos e os muçulmanos, senhores e senhores, não são mais que soldados/bucha-de-canhão para os judeus em sua missão de escravizar a todos nós sob seu domínio.

O que o Sr.Breivik disse é bastante verdadeiro, em tudo a não ser no que ele não diz; ele não conta-nos que os judeus são a origem para todos esses problemas, e que eles foram criados pelos judeus para nos ferir. Tudo que temos que fazer para tornar esse ato de violência favorável a nós e deixar isso claro para todos; os judeus criaram o marxismo, o feminismo, o cristianismo (preciso dizer que Jesus bem como Paulo/Saulo eram ambos judeus?), a assim chamada psicologia, o sistema bancário ("empréstimo de dinheiro"), o movimento hippie e todas as outras ideologias e movimento que objetivam destruir e desconstruir todas as nações da Europa. Por trás de cada uma delas você encontrará um judeu (ou às vezes um maçom)!

Como você pode ter esquecido disso, Sr.Breivik?

Está trabalhando para os judeus, está Sr.Breivik, para unir todos os movimentos extremistas de direita sob sua falsa bandeira? Para garantir que o foco do inimigo judaico da Europa é movido para algo mais? Ou talvez você nem ao menos saiba que foi usado por sinistros judeus?

Então agora não apenas cristãos matam muçulmanos, e vice-versa. Extremistas de direita devem matar extremistas de esquerda também - e vice-versa eu suponho? É esse o plano? Você fez isso para recrutar e fazer até os extremistas de direita lutarem pelos judeus?

Quem beneficia-se com isso? Israel! Os judeus! Nada de nossas agressões será dirigida contra eles - para onde deveria ser dirigida. Nós estaremos lutando uns contra os outros ao invés, enquanto eles movem-se por trás dos panos, fora dos holofotes, e lucram com nosso sofrimento, e em segredo apertam os grilhões da escravidão ao redor de nossos pulsos e tornozelos.

Ah, e por falar nisso; verdadeiros nacionalistas não matam crianças de sua própria nação, mesmo se alguém tente fazer lavagem cerebral nelas, como a AUF fazia. Eles não eram extremistas marxistas (ainda); eles eram apenas crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.