sexta-feira, 25 de março de 2011

Juventude Inconformista

"No domingo pela manhã, ao redor das sete, podia-se ver habitualmente um par de policiais caminhando pelas ruas do bairro de Steglitz, os entregadores de leite, mulheres tremendo de frio vendendo o pão de porta em porta, e inclusive a donzelas que, após uma noite de farra, retornavam acompanhadas a suas casas por cavaleiros de pálida tez. Todos, enquanto isso, seguiam dormindo apesar das badaladas dos sinos da igreja.

Todos, menos... à distância se advertem uns passos através das ruas silenciosas, se ouve um assobio e outro mais... alguns gorros coloridos, um gorro marrom e deformado, um jovem com um lenço de cor vermelha no pescoço... mais tarde alguns jovens de aspecto tímido com suas mochilas e os olhos ainda sonolentos. Outro chega de improviso, e saúda.

Quase todos eles acabam de discutir com suas mães e foram ameaçados de que não haveria uma próxima vez."
(Hans Blüher)

Nenhum comentário:

Postar um comentário