quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

O Princípio da Ação

"Deixemos de lado aquele palavreado vão, e especialmente aquela crença de que cumprimos com nosso dever somente por termos lutado com palavras ocas, com aparências, com louvores estéreis e decisões que não são seguidas do peso áspero dos atos, dos sacrifícios, das cargas.

Despojemo-nos de todas as nossas debilidades, medos, ambições; elevemo-nos aos cumes, revestidos de todo o melhor, do mais valente, do mais puro de nosso Espírito. E assim armados, esperemos ordens para abrirmos caminho, dispostos a verter nosso sangue e a morrer, entre as negruras de trevas e de perdição que envolvem cada vez mais a nossa estirpe."
(Ion I. Mota)

Nenhum comentário:

Postar um comentário