domingo, 31 de outubro de 2010

Relógio

"O sistema Ocidental, endorsado dentro da esfera americano-japonesa, está procedendo à domesticação dos povos em uma escala massiva. Sociedades tornam-se 'máquinas biológicas' divididas em setores, como um relógio. Sua função: satisfazer necessidades homogêneas de consumo e segurança que são artificialmente estimuladas. A vida comunitária dos povos e suas projeções de auto-destino estão desaparecendo. Para a Europa, este é o fim de uma era histórica, o enterro da Política por baixo de programas de sobrevivência e euforia restrita. O totalitarismo suave da organização, dos manipuladores, dos reguladores, dos poderes descentralizados e do incentivo, fazem-nos sentir falta da época dos criadores e tomadores de decisão. O Sistema pretende inaugurar o materialismo total, submergindo a alma dos homens e dos povos sob a obsessão do egoísmo pragmático. Sem mais tradições, sem mais modernidade: a era dos poetas, conquistadores e estrategistas está aparentemente morta."
(Guillaume Faye, Trecho de "Le système à tuer les peuples")

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.