segunda-feira, 30 de agosto de 2010

O Homem, a Mulher e as Verdades Alegres

"Eis como quero o homem e a mulher: um, apto para a guerra, a outra, apta para a maternidade; mas os dois aptos para dançar com cabeças e pernas.

E que todo dia em que se não haja dançado, pelo menos uma vez, seja para nós perdido! E que toda verdade que não traga ao menos um riso nos pareça verdade falsa."
(Friedrich Nietzsche, Assim Falou Zaratustra/Das Antigas e das Novas Tábuas, XXIII)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.